Professores de Glória anunciam greve a partir de segunda, dia 7/02

O núcleo da APLB Sindicato de Glória, entidade representante dos profissionais da educação, anunciou que entrará em greve a partir de segunda-feira, 7/02. A decisão da categoria é em resposta a falta de protocolos de biossegurança para o retorno das aulas presenciais na rede municipal e em protesto pelos 7 anos sem reajuste do piso salarial da categoria.

O anúncio foi feito pelo professor Celito Lima, coordenador do núcleo, através de vídeo divulgado no site aplbpa.com.br.


"Venho informar que devido a inexistência de um protocolo de biossegurança que garanta o retorno às aulas presenciais com segurança para os nossos filhos, para as nossas crianças e para os nossos profissionais da educação, bem como, o fato de que há 7 anos o governo municipal não pratica o reajuste do piso do magistério, ou seja, o piso salarial dos professores, a categoria da educação entrará em greve", declara o dirigente. 

Celito conclui a mensagem pedindo o apoio de toda a comunidade escolar. "Esta não é apenas uma luta por direitos de uma categoria, mas pela vida".

Acompanhe mais informações nos canais de comunicação da APLB Sindicato-Delegacia hidroelétrica de Paulo Afonso.